A vida é simples

Certo, certo, certo… 
Fomos hábeis em conceber uma série de conceitos inalcançáveis. 
Não, você nunca encontrará a felicidade plena, 
não terá a paz absoluta, jamais atingirá a perfeição, 
nem encontrará o amor ideal aqui. 
Estas e outras coisas você não encontrará neste mundo, 
e talvez nem em outro! 
Mas, quer saber o que isso significa? 
Significa que você tem uma porção de motivos
 para não se preocupar!!
A vida acaba sendo muito mais leve assim. 
Você não tem que buscar nada de sublime, 
apenas procure viver o melhor pra você. 
Ora, se não podemos ser imensamente felizes, 
por que não ser feliz um pouquinho? 
Ouvi dizer que são as pequenas coisas que valem mais.
 E digo mais: já que não podemos ter a felicidade plena aqui,
 a tristeza infinita é que não vai ter vez, mesmo! 
A vida é muita curta pra gente perder tempo com o que não nos faz bem,
 portanto, curta o dia! 
O fato de não haver perfeição, coisas ideais ou absolutas 
só torna tudo mais fácil pra gente, e mostra que já possuímos, 
sim, tudo aquilo que precisamos!

Augusto Branco


Flor de cerejeira (Sakura ) um simbolo de beleza e respeito pela vida.

Ela também é um símbolo dos samurais. Que como a flor tem uma vida curta. Pois no período feudal, a vida dos samurais era tão breve quanto a vida das flores de cerejeiras, os samurais estavam sempre dispostos a dar a vida por seus mestres. Existem lendas sobre a flor de cerejeira e uma delas é que ela vem de uma princesa Kono-hana-sakuya-hime.

(significa “a princesa da árvore de flores abertas”) que caiu do céu em cima de uma cerejeira, a outra diz que sua origem deriva do cultivo do arroz e sua divindade.

O florescer da árvore de cereja é a mais pura manifestação de beleza na cultura japonesa, entretanto a flor enfraquece rapidamente e é espalhada pelo vento, os japoneses dizem que simboliza a efemeridade da vida, uma vez que é uma flor que vive pouco tempo.

Portanto a flor de cerejeira é uma lembrança de que a vida é passageira, e por isto, temos que viver o presente e apreciar todo momento se despertando, pois estes podem ser os nossos últimos momentos.